“Uma experiência emulsionante!”

No âmbito da comemoração do Dia Mundial da Alimentação e do Mês Internacional das Bibliotecas Escolares, de 16 a 26 de outubro, a biblioteca escolar promoveu a realização da atividade “Uma experiência emulsionante!“, que integra o projeto “Newton gostava de ler!“, envolvendo todas as turmas do 5.º ano.

Introduzida pela leitura do conto tradicional “Na tacinha das natas”, “Uma experiência emulsionante!” levou os alunos a fazerem manteiga a partir de natas frescas e a descobrirem os processos químicos implicados nesta transformação. Deliciosa a manteiga e a reação dos alunos-pequenos-cientistas!

Anúncios

Leitura, emoção e diversão com escritor Carlos Canhoto e ilustradora Andreia Albernaz

Os dias 18, 19 e 20 de outubro ficarão na memória e nos corações dos alunos que frequentam o 1.º ciclo nas escolas básicas de Curvos, Esposende e Fão e das crianças da educação pré-escolar de Fão e Gandra.
Depois da leitura atenta dos livros “A minha avó Felicidade”, “Pirá”, “Anuro” e “Serei uma plantinha daninha?”, eis que chegou o momento de todos conhecerem o escritor Carlos Canhoto e gãodepó (Andreia Albernaz), a ilustradora do primeiro livro.
Durante as sessões, promovidas no âmbito do Mês Internacional das Bibliotecas Escolares, foi impossível ficar indiferente à doçura da avó Felicidade, dada a conhecer emotivamente pelo escritor e pela narração exímia da Andreia, uma maravilhosa artista plástica contadora de histórias.
Oriundo de terras alentejanas, Carlos Canhoto, pseudónimo de António Luís Carlos, escritor, apicultor e permacultor, a partir dos seus livros e espicaçando a curiosidade dos alunos, partilhou múltiplos conhecimentos sobre a natureza, evidenciando o seu fascínio pela terra mãe. Para delícia de todos, fez-se acompanhar de várias marionetas (a cabeça de brócolo, a abelha Zi e “a estrela da companhia”, a bailarina Irina) que levaram ao delírio os pequenos e não tão pequenos participantes!

Leitura combina muito bem com conhecimento, ecologia e boa disposição!

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

“Newton gostava de ler!”

 

No âmbito  do Dia Mundial da Alimentação e do Mês Internacional das Bibliotecas Escolares,  a biblioteca escolar, de 16 a 26 do presente mês, leva a cabo a atividade “Uma experiência emulsionante!“, que integra o projeto “Newton gostava de ler!“, destinada a todas as turmas do 5.º ano.

Este projeto implica a “leitura de livros em que, transversalmente, a ciência está presente, criando pontes e motivações para a realização de pequenas ações experimentais”.

Introduzida pela leitura do conto tradicional “Na tacinha das natas”, “Uma experiência emulsionante!” leva os alunos a fazerem manteiga a partir de natas frescas e a descobrirem os processos químicos implicados nesta transformação.

Aguardam-se as reações dos pequenos cientistas!

Outubro | Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

“Ligando comunidades e culturas é o tema definido pela International Association of School Librarianship (IASL) para o Mês Internacional da Biblioteca Escolar (MIBE).

O concurso de ideias “Ligando comunidades e culturas” é a iniciativa que a RBE lança este ano para assinalar o MIBE. O seu objetivo principal é fomentar um debate em torno do tema. Desse debate surgirão as ideias-chave e as estratégias para que a biblioteca se apresente como o lugar onde se ligam comunidades e culturas.

Até 3 de novembro, os alunos são desafiados a refletir, a pôr a sua criatividade em ação e a apresentar uma ideia. O desafio consiste na criação de um jogo original que permita aos utilizadores da biblioteca abordar a temática proposta para o MIBE, de uma forma aliciante e lúdica. Os participantes deverão seguir com rigor o estipulado no regulamento.”

Informa-te na tua biblioteca escolar sobre este concurso e participa!

“O Troca-Tintas” recebe Menção Honrosa | EB de Gemeses

O filme de animação “O Troca-Tintas”,  candidato ao Prémio Ação03! – Festival de Vídeo Escolar, no âmbito do XVII Encontros de Cinema de Viana do Castelo, organizados pela Associação Ao Norte – Associação de Produção e Animação Audiovisual e pela Câmara Municipal de Viana do Castelo, recebeu, hoje, uma Menção Honrosa.

O filme surge no âmbito do projeto “Leituras Animadas”, promovido pela biblioteca escolar, e foi realizado num trabalho de parceria entre os alunos que, atualmente, se encontram no 4.º ano da EB de Gemeses, os professores Mariana Nogueira, Catarina Lopes e Rui Santos.

Foi com grande alegria que alunos e professores subiram ao palco para receberem a distinção e ouviram as razões justificativas do júri que, entre outros aspetos, salientou o envolvimento de todos os alunos na narração da história de pendor bem tradicional, na criação das personagens e cenários e na construção do filme.

 

A equipa da biblioteca escolar está orgulhosa deste trabalho de parceria/articulação curricular e dá os parabéns a todos os envolvidos!

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Pode rever o filme aqui:

Maratona de Cartas | Resultados da iniciativa

     Recebemos notícias da Amnistia Internacional, dando-nos conta do impacto da Maratona de Cartas, iniciativa à qual também se associaram alunos, professores, assistentes operacionais e administrativos da EB António Correia de Oliveira e da EB de Apúlia.

Eis o que foi conseguido até ao momento:

“Apesar das contagens globais estarem apenas concluídas no final de fevereiro, importa salientar que já se somam mais de 3 milhões e 400 mil cartas em todo o mundo! De Portugal, a participação não poderia ter sido mais positiva: ultrapassamos o recorde de 2015, através do envio de 265 189 cartas!! Quase mais 100 mil que no ano anterior!!!

As expectativas foram completamente ultrapassadas e só foram possíveis com a participação de mais 175 escolas, mais de 8 Universidades e Institutos Politécnicos, 24  estruturas da Amnistia Internacional espalhadas pelo país, 9 Associações e entidades e milhares de pessoas que, individualmente, arregaçaram mangas e assinaram e divulgaram a Maratona de Cartas!

Assim, em 2016, foram enviadas:

  • mais de 60 mil cartas para a Casa Branca, num total de 1 101 252 de cartas enviadas de todo o mundo, no âmbito da campanha Pardon Snowden; 
  • mais de 65 000 cartas a apelar pela libertação imediata de Shawkan (que foi um dos quatro galardoados com o prémio da Liberdade de Imprensa do Comité Internacional para a Proteção de Jornalistas);
  • mais de 63 mil assinaturas a apelar que Eren Keskin não seja detida.

As milhares de assinaturas  destinadas ao Presidente do Malawi cumpriram já a sua missão: foi já criado um sistema legal de proteção a todos os albinos no país, e instamos agora a que seja feito um policiamento e um cumprimento da lei de forma eficaz. Ajudam-nos nessa tarefa já mais de 73 mil pessoas que assinaram o nosso apelo!”

O contributo da comunidade educativa do nosso Agrupamento para a defesa dos direitos destes cidadãos deixa-nos orgulhosos!