“O Troca-Tintas” recebe Menção Honrosa | EB de Gemeses

O filme de animação “O Troca-Tintas”,  candidato ao Prémio Ação03! – Festival de Vídeo Escolar, no âmbito do XV Encontros de Cinema de Viana do Castelo, organizados pela Associação Ao Norte – Associação de Produção e Animação Audiovisual e pela Câmara Municipal de Viana do Castelo, recebeu, hoje, uma Menção Honrosa.

O filme surge no âmbito do projeto “Leituras Animadas”, promovido pela biblioteca escolar, e foi realizado num trabalho de parceria entre os alunos que, atualmente, se encontram no 4.º ano da EB de Gemeses, os professores Mariana Nogueira, Catarina Lopes e Rui Santos.

Foi com grande alegria que alunos e professores subiram ao palco para receberem a distinção e ouviram as razões justificativas do júri que, entre outros aspetos, salientou o envolvimento de todos os alunos na narração da história de pendor bem tradicional, na criação das personagens e cenários e na construção do filme.

 

A equipa da biblioteca escolar está orgulhosa deste trabalho de parceria/articulação curricular e dá os parabéns a todos os envolvidos!

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Pode rever o filme aqui:

Maratona de Cartas | Resultados da iniciativa

     Recebemos notícias da Amnistia Internacional, dando-nos conta do impacto da Maratona de Cartas, iniciativa à qual também se associaram alunos, professores, assistentes operacionais e administrativos da EB António Correia de Oliveira e da EB de Apúlia.

Eis o que foi conseguido até ao momento:

“Apesar das contagens globais estarem apenas concluídas no final de fevereiro, importa salientar que já se somam mais de 3 milhões e 400 mil cartas em todo o mundo! De Portugal, a participação não poderia ter sido mais positiva: ultrapassamos o recorde de 2015, através do envio de 265 189 cartas!! Quase mais 100 mil que no ano anterior!!!

As expectativas foram completamente ultrapassadas e só foram possíveis com a participação de mais 175 escolas, mais de 8 Universidades e Institutos Politécnicos, 24  estruturas da Amnistia Internacional espalhadas pelo país, 9 Associações e entidades e milhares de pessoas que, individualmente, arregaçaram mangas e assinaram e divulgaram a Maratona de Cartas!

Assim, em 2016, foram enviadas:

  • mais de 60 mil cartas para a Casa Branca, num total de 1 101 252 de cartas enviadas de todo o mundo, no âmbito da campanha Pardon Snowden; 
  • mais de 65 000 cartas a apelar pela libertação imediata de Shawkan (que foi um dos quatro galardoados com o prémio da Liberdade de Imprensa do Comité Internacional para a Proteção de Jornalistas);
  • mais de 63 mil assinaturas a apelar que Eren Keskin não seja detida.

As milhares de assinaturas  destinadas ao Presidente do Malawi cumpriram já a sua missão: foi já criado um sistema legal de proteção a todos os albinos no país, e instamos agora a que seja feito um policiamento e um cumprimento da lei de forma eficaz. Ajudam-nos nessa tarefa já mais de 73 mil pessoas que assinaram o nosso apelo!”

O contributo da comunidade educativa do nosso Agrupamento para a defesa dos direitos destes cidadãos deixa-nos orgulhosos!

 

 

Concurso Nacional de Leitura 2017 – Resultados

     No passado dia 18, trinta e oito alunos do 3.º ciclo realizaram a prova de apuramento para a fase distrital do Concurso Nacional de Leitura, a qual este ano, testou os conhecimentos sobre a obra “A Pérola”, de John Steinbeck.

E os alunos apurados para a fase distrital são:

Inês Pires Almeida (8.º A)

Filipa Viana Silva (7.º A)

Francisca Martins Maciel Moreira (9.º A)

Aluna Suplente 

Ana Gajo Carvalho (7.º B)

Parabéns a todos os participantes e, em especial, aos alunos vencedores!

Ver todos os resultados do CNL  aqui.

Maratona de Cartas | Amnistia Internacional

   A Escola Básica António Correia de Oliveira não poderia deixar de se associar à Maratona de Cartas, uma iniciativa da Amnistia Internacional.

    Seguiram hoje, via correio, as cartas que todos os alunos do 2.º e 3.º ciclos, professores e assistentes operacionais assinaram relativas aos quatro casos adotados este ano. Tratou-se de um singelo, mas, acreditamos, significativo contributo para a luta pelo fim das violações de direitos humanos.

    Também poderá contribuir para esta causa, faça parte deste movimento e ASSINE!

 

Feira do Livro | Programa

     De 2 a 9 de dezembro, a biblioteca escolar da Escola Básica António Correia de Oliveira promove a Feira do Livro, uma iniciativa aberta a toda a comunidade.

    Do programa desta iniciativa, destacamos as sessões de animação da leitura, baseadas no livro “Poemas para brincar e pensar”, de Isabel Pereira dos Santos, com a atriz Inácia Cruz;  o encontro com o poeta/escritor João Manuel Ribeiro, que estará à conversa com todos os alunos do 1.º ano da EB de Curvos e da EB de Esposende sobre o livro da sua autoria “Pequenos Corações Verdes”; e, no dia 6, terça-feira, às 18.00h, uma sessão formativa com João Manuel Ribeiro intitulada “Ler+ em família”, destinada a pais/encarregados de educação, professores e educadores.

     A Direcção do Agrupamento de Escolas e a equipa de coordenação das bibliotecas escolares convidam os professores, alunos, pais e encarregados de educação e comunidade em geral a visitarem a Feira do Livro e a participarem nas atividades programadas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

“Ver e sentir as cores”

color-add

 

    A biblioteca escolar da EB António Correia de Oliveira promove, no próximo dia 23 de novembro, a ação “Ver e sentir as cores”, tendo, como principal objetivo, o rastreio do daltonismo junto dos alunos do 5.º ano. Resulta, esta atividade, de uma parceria entre a biblioteca escolar, a Associação de Pais e Encarregados de Educação (APEBACO), o Oculista Antunes e a Ótica Olhos do Cávado e a Associação ColorADD* Social.

     O que é o ColorADD*?

     Trata-se de um código gráfico monocromático, baseado em conceitos universais de interpretação e desdobramento de cores, permitindo aos daltónicos identificar as cores corretamente. O daltonismo (incapacidade de diferenciar as cores) é uma doença invisível que torna a vida mais complicada a 10% da população mundial masculina. Coisas simples como conjugar peças de roupa, reconhecer a cor no semáforo, seguir a linha amarela no metro… são um problema para os daltónicos.

“Energia e ética”

A todos os que iniciam o novo ano letivo, o poema de Gonçalo M Tavares:

Energia e ética

Sei isto: a minha energia está canalizada
Para a palavra fazer, gosto da ideia de construção
E o que dela existe nos movimentos normais.
Agrada-me a palavra engenharia e o que ela
Representa: não saias de um sítio sem deixares algo
Atrás de ti. Dirijo-me apenas às coisas que me excitam
Positivamente e me levam a fazer outras coisas, dirijo-me
Às pessoas que gosto, nunca às que não gosto;
Sempre me pareceu insensato que na vida se pare,
Nem que por um momento, de admirar, há
Sempre actos e coisas que nos ajudam
neste cálculo infernal da distância entre o dia de hoje
e a nossa morte. E qualquer pessoa dar um passo que seja
em direcção ao que não aprecia, para insultar, ou derrubar,
parece-me brutal perda de tempo, uma falha grave
no órgão de admirar o mundo
(deves combater uma ou duas vezes na vida,
se combateres duzentas vezes
é porque os combates são fracos).
Não sei pois como viver. O que li e vi
Serve-me apenas para ser mais lúcido, não
Para ser melhor pessoa. Adquiri esta regra (ou nasci com ela):
– e é talvez uma moral –
mover-me apenas em direcção ao que gosto.
Se o prédio alto, escuro, feio
me impede de ver o sol, não fico a insultá-lo, não
moverei um dedo para o deitar abaixo:
contorno sim os edifícios necessários
até chegar ao espaço de onde possa receber aquilo que
quero. Se chegar lá de noite, montarei acampamento.

Gonçalo M Tavares