Apresentação de “As aventuras do Frankiko”

“As aventuras do Frankiko” e a sua autora, Helena Pinto, no passado dia 15, possibilitaram aos alunos do 3.º e 4.º anos da EB de Esposende fazerem uma viagem pelos “planetas do sistema solar”, deixarem-se encantar pelo protagonista da história, viverem intensamente as suas aventuras e conhecerem os seus novos amigos.

Foram momentos emocionantes, vividos com muita alegria!

Deixamo-vos o poema cantado por todos os alunos do 3.º ano e elaborado pela turma do professor Jorge.

“As aventuras de Frankiko

Novas demandas surgiram
Frankiko, o espaço explorou
Novos Mundos, novos seres…
Maravilhas encontrou.

Eis que numa bela manhã
Espaço diferente observou
Muita luz, muita cor…
Melodias escutou.

Astros em forma de interrogação
Perguntas a bailar no ar
À espera de resposta…
Seres alegres a brincar.

Em que espaço estou eu?!
Na sua cabeça matutava.
Foi então que perguntou
A um ser que ali passava.

É um mundo de liberdade
Aberto a sabedorias e imaginações
aqui tudo é possível…
Estás no universo das questões.

Então alguns meninos
Perguntas quiseram fazer
À autora e professora Helena
P’ra melhor a conhecer.”

Anúncios

Concurso Nacional de Leitura | Fase Municipal

No passado dia 13 de fevereiro, os alunos Marta Rosário, da EB António Correia de Oliveira, e Diogo Páscoa, da EB de Apúlia, participaram na fase municipal do Concurso Nacional de Leitura – 3.º ciclo, que teve lugar na Biblioteca Municipal Manuel Boaventura, tendo sido apurados para a fase seguinte, a acontecer em Barcelos, no dia 29 de abril.

O Concurso Nacional de Leitura, cujo objetivo principal é estimular os hábitos de leitura, é uma iniciativa do Plano Nacional de Leitura 2027, que conta com a colaboração da Rede das Bibliotecas Escolares, a Direcção-Geral do Livro, Arquivos e das Bibliotecas, Camões IP, Direção de Serviços de Ensino e Escolas Portuguesas no Estrangeiro e RTP.

A equipa da biblioteca escolar felicita os alunos, jovens leitores, pelos seus resultados!

Boas leituras!

“As aventuras do Frankiko”, de Helena Pinto

 

 

É já no próximo dia 15 de fevereiro que “As aventuras do Frankiko” chegam à EB de Esposende e à EB de Fão pela voz da sua autora, a professora e escritora Helena Pinto.

No dia 22, Frankiko, o pequeno astronauta que sonhava voar e conhecer outros mundos, segue viagem até à EB de Apúlia e à EB de Gandra.

Os alunos do 3.º e 4.º anos de Apúlia, Criaz, Esposende, Facho, Fão, Gandra e Rio Tinto vão conhecer a mágica aventura pelas estrelas e pelos planetas e os amigos especiais do protagonista desta história.

Sonha sempre, daqui até além!

 

 

“Resoluções de Ano Novo. Ler é muito importante e a ciência dá-lhe 7 razões para o fazer”

“E não estamos a falar de posts no Facebook ou Instagram. Os livros afetam diferentes partes do cérebro e tornam-nos mesmo mais inteligentes.”

 

Imperdível a leitura deste artigo, da autoria de Ana Luísa Bernardino!

[Carregue sobre a imagem para ler artigo.]

“Read to Animate” | Receção comitivas projeto Erasmus+

De 26 a 30 de novembro, a Escola Básica António Correia de Oliveira, enquanto país coordenador, recebeu um grupo de vinte nove alunos e treze professores, provenientes da Polónia, Bulgária, Estónia, Itália e Grécia, no âmbito do projeto Erasmus+ “Read to Animate”.

Trata-se de um projeto que investe na promoção da leitura para, num apelo à criatividade, produzir filmes de animação com recurso a diferentes técnicas.

O programa da semana contemplou cerimónias de receção dos parceiros estrangeiros, na Escola e na Câmara Municipal de Esposende, participação em aulas de diferentes áreas disciplinares, com a integração dos alunos em turmas da EBACO, momentos de salutar convívio entre todos os envolvidos, realização de várias oficinas de trabalho e visitas a diferentes espaços, nomeadamente o Centro de Educação Ambiental (Esposende), Centro Lúdico de Imagem Animada – ANILUPA (Porto), Solar – Galeria de Arte Cinematográfica (Vila do Conde) e Museu de Artes Decorativas (Viana do Castelo).

Foi, sem dúvida, uma semana muito intensa e rica em aprendizagens, partilhas e afetos, sendo legítimo afirmar que o sucesso desta iniciativa se deveu à valiosa colaboração de um grupo muito alargado de pessoas e de entidades a quem a equipa de coordenação do projeto reitera o agradecimento.