Concurso Nacional de Leitura | Fase Intermunicipal

É já na próxima quarta-feira, dia 21 de abril, que os alunos Mariana Silva (EB de Gandra), Eva Oliveira (EB de Fonte Boa), Marta Costa (5.º F), Maria Clara Cabral (6.º B), Maria Luís Capela (6.º E), Mafalda Eiras (7.º A) e Henrique Capitão (7.º F), da EB António Correia de Oliveira, irão representar o Agrupamento e o concelho na Fase Intermunicipal do Concurso Nacional de Leitura.

Este ano, a organização da Fase Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal do Cávado (CIM Cávado) é da responsabilidade da Biblioteca Municipal de Vila Verde e decorrerá em dois momentos distintos que correspondem às provas escrita e oral. 

Devido ao contexto pandémico, as provas decorrerão online, nas bibliotecas escolares, com início às 10:30h, dos dias 21 e 22 de abril, respetivamente. A prova escrita tem caráter eliminatório e servirá para apurar cinco concorrentes, por cada nível de ensino, para realizar a prova oral.

A equipa das bibliotecas escolares deseja boa sorte a todos os alunos concorrentes.

“Read to Animate” | Mobilidade à Grécia – dia 2

No âmbito da mobilidade virtual à Grécia relativa ao projeto Erasmus+ Read To Animate, os trabalhos prosseguem e, no segundo dia, os alunos participaram numa sessão de trabalho orientada pela animadora Mrs Leonida, que trabalha na associação Karpos – Center of Educational and Intercultural Activities, em Atenas.

Na sequência desta sessão, os alunos criaram filmes de animação utilizando a técnica do desenho, em Stop Motion, através de um processo de transformação/metamorfose. A opção dos alunos portugueses que participam nesta mobilidade recaiu sobre o nome da cidade de Esposende, palavra transformada em algo que a distingue.

A segunda parte da sessão foi dedicada a uma visita virtual ao complexo da Acrópole, com ênfase nos vários locais de culto espiritual da antiga Grécia, tendo esta visita finalizado no Museu da Acrópole.

“Miúdos a Votos” | “Bicicleta à Chuva” – B3

Depois de visualizares o booktrailer elaborado pelo Partido Solidário Juvenil, do 6.º A, resolve o quiz abaixo (clica sobre a imagem) também da responsabilidade do mesmo partido.

“Miúdos a Votos” | “O Rapaz do Pijama às Riscas” – C19

“Read to Animate” | Mobilidade à Grécia

De 12 a 16 de abril, no âmbito do projeto Erasmus+, “Read to Animate”, a Escola Básica António Correia de Oliveira está a participar na mobilidade virtual à Grécia, país anfitrião, que acolheu com muita alegria e entusiasmo todos os países parceiros: Bulgária, Estónia, Itália, Polónia e Portugal.

Depois das boas vindas e da apresentação de todos os participantes, os alunos do 8.º ano que integram esta mobilidade, primeiramente, tiveram a oportunidade de conhecer a escola que promove a atividade e de aprender um pouco mais sobre a cultura grega e, em particular, da cidade de Archanes, Atenas. Seguidamente, sob orientação de uma professora da escola anfitriã, todos os alunos participaram numa oficina de trabalho sobre cerâmica, tendo como referência a Grécia Antiga. Foram, então, elucidados sobre as múltiplas funções da cerâmica grega (serviço doméstico, usos artesanais e comerciais, apoio às cerimónias religiosas e fúnebres), as suas características e estilos. As peças apresentadas, ricamente decoradas com elementos figurativos, representando cenas descritivas e narrativas, serviram de inspiração para os alunos criarem uma peça em barro, através da técnica da placa.

A encerrar as atividades do dia, os alunos saborearam uma barra de sementes de sésamo, ingrediente comum na gastronomia grega

Palestra sobre “Compostagem” | Erasmus+

No âmbito do projeto “Do Best with Waste – Erasmus+”, no passado dia 7 de abril, a turma A do 8.º ano participou na palestra subordinada à temática “Compostagem”, orientada pela engenheira Anabela, do Centro de Educação Ambiental de Esposende.

Os principais objetivos desta iniciativa são incentivar à compostagem caseira, de modo a reduzir e a potencializar os desperdícios orgânicos, e promover uma cidadania mais ativa e saudável. Os alunos foram elucidados sobre o que é a compostagem, como se faz e o que deve ser compostado. Ficaram, assim, a saber qual o processo biológico inerente e a técnica para obter de um composto rico em nutrientes, que pode ser utilizado, posteriormente, para fertilizar os solos e as plantas. 

Esta atividade foi transmitida online para as escolas parceiras deste projeto – Bulgária, Itália, Polónia, Roménia e Turquia –, tendo os alunos e docentes participado com muito entusiasmo na sessão.