Feira do Livro 2017 | Momentos

    De 4 a 7 de dezembro, decorreu a Feira do Livro 2017 dirigida a toda a comunidade educativa e local.
     As visitas das turmas e as atividades programadas para esta semana enriqueceram esta iniciativa dedicada ao livro e à leitura.
     No dia 4, as crianças da educação pré-escolar de Curvos participaram numa sessão de animação da leitura levada a cabo pela educadora Fernanda Ribeiro, que, para delícia dos mais pequenos, se fez acompanhar pela sua, já famosa, saia, “a saia da Fernandita”.
     Na noite do dia 7, já na presença do escritor Pedro Chagas Freitas, o Diretor do Agrupamento de Escolas entregou o Diploma de Honra e Mérito aos alunos distinguidos no letivo transato, tendo a coordenadora dos diretores de turma do 2.º Ciclo, professora Laurinda Novo,  recitado e dedicado, em nome do corpo docente, o poema , de Douglas Malloch, aos referidos alunos. Num segundo momento, a professora bibliotecária fez uma breve apresentação-divulgação, seguida de um apelo à participação de todos os presentes, na Maratona de Cartas, uma iniciativa da Amnistia Internacional. Seguiu-se a intervenção de um grupo de alunos do 7.º e 8.º anos que, orientados pela professora Filomena Oliveira, cantaram uma adaptação da música “Imagine”, de John Lennon, enquanto colegas mais jovens ostentavam frases do autor presente. Foi este o mote para que se desse início ao tão esperado encontro com o escritor Pedro Chagas Freitas, que tinha à sua espera um número bem significativo de fãs. Foi com entusiasmo que ouvimos o autor de “A Repartição” falar de si, do seu percurso de vida marcado pela teimosia de nunca se render ao medo de falhar e incentivar cada um dos presentes a sair da sua zona de conforto, a dar largas à imaginação e à criatividade e escrever, escrever todos os dias… sem medos…sem medo de falhar.
Sem dúvida, foi uma noite maravilhosamente bem passada!

 

Click to play this Smilebox slideshow

A equipa da biblioteca escolar agradece a todos os que colaboraram para a concretização desta iniciativa, Direção, docentes e alunos que participaram nas atividades, APEBACO, ao nosso convidado Pedro Chagas Freitas e ao Bruno Antunes que possibilitou a sua vinda.

Anúncios

Maratona de Cartas | Resultados da iniciativa

     Recebemos notícias da Amnistia Internacional, dando-nos conta do impacto da Maratona de Cartas, iniciativa à qual também se associaram alunos, professores, assistentes operacionais e administrativos da EB António Correia de Oliveira e da EB de Apúlia.

Eis o que foi conseguido até ao momento:

“Apesar das contagens globais estarem apenas concluídas no final de fevereiro, importa salientar que já se somam mais de 3 milhões e 400 mil cartas em todo o mundo! De Portugal, a participação não poderia ter sido mais positiva: ultrapassamos o recorde de 2015, através do envio de 265 189 cartas!! Quase mais 100 mil que no ano anterior!!!

As expectativas foram completamente ultrapassadas e só foram possíveis com a participação de mais 175 escolas, mais de 8 Universidades e Institutos Politécnicos, 24  estruturas da Amnistia Internacional espalhadas pelo país, 9 Associações e entidades e milhares de pessoas que, individualmente, arregaçaram mangas e assinaram e divulgaram a Maratona de Cartas!

Assim, em 2016, foram enviadas:

  • mais de 60 mil cartas para a Casa Branca, num total de 1 101 252 de cartas enviadas de todo o mundo, no âmbito da campanha Pardon Snowden; 
  • mais de 65 000 cartas a apelar pela libertação imediata de Shawkan (que foi um dos quatro galardoados com o prémio da Liberdade de Imprensa do Comité Internacional para a Proteção de Jornalistas);
  • mais de 63 mil assinaturas a apelar que Eren Keskin não seja detida.

As milhares de assinaturas  destinadas ao Presidente do Malawi cumpriram já a sua missão: foi já criado um sistema legal de proteção a todos os albinos no país, e instamos agora a que seja feito um policiamento e um cumprimento da lei de forma eficaz. Ajudam-nos nessa tarefa já mais de 73 mil pessoas que assinaram o nosso apelo!”

O contributo da comunidade educativa do nosso Agrupamento para a defesa dos direitos destes cidadãos deixa-nos orgulhosos!

 

 

Maratona de Cartas | Amnistia Internacional

   A Escola Básica António Correia de Oliveira não poderia deixar de se associar à Maratona de Cartas, uma iniciativa da Amnistia Internacional.

    Seguiram hoje, via correio, as cartas que todos os alunos do 2.º e 3.º ciclos, professores e assistentes operacionais assinaram relativas aos quatro casos adotados este ano. Tratou-se de um singelo, mas, acreditamos, significativo contributo para a luta pelo fim das violações de direitos humanos.

    Também poderá contribuir para esta causa, faça parte deste movimento e ASSINE!