Ondjaki vence o Prémio Literário José Saramago

 

     Não poderíamos deixar passar em branco este acontecimento: no passado dia 5, o escritor angolano Ondjaki foi distinguido com o Prémio José Saramago, pela obra Os Transparentes, publicada, em 2012, pela Editorial Caminho.

     “Nascido em Luanda em 1977, Ondjaki tem uma obra que abrange desde poesia e a prosa à literatura infantil e juvenil. Formado em Sociologia, completou o doutoramento em Estudos Africanos em Itália. Foi distinguido em 2000 com a Menção Honrosa do Prémio António Jacinto pelo seu primeiro livro de poesia (actu sanguíneu), e em 2005 obteve o Prémio António Paulouro pelo livro de contos E se Amanhã o Medo, e o Grande Prémio APE em 2007 por Os da Minha Rua.

     Em 2010 recebe o Prémio Jabuti (categoria juvenil) com AvóDezanove e o Segredo do Soviético. Ainda no âmbito juvenil, publica A Bicicleta que Tinha Bigodes distinguido com o Prémio Bissaya Barreto 2012 e com o Prémio Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (IBBY do Brasil) 2013.” [blogtailors]

Saiba mais sobre este autor que, por estes lados, muito apreciamos, aqui e aqui.

Anúncios

Semana da Leitura

Este slideshow necessita de JavaScript.

A 5.ª edição da Semana da Leitura decorreu, no Agrupamento de Escolas António Correia de Oliveira, de 21 a 25 de Fevereiro. Trata-se de uma iniciativa proposta pelo Plano Nacional de Leitura que acreditamos muito contribuir para a “valorização da leitura junto das crianças e jovens e da população adulta, propiciando a aproximação da Escola à comunidade”.

De facto,  foram muitos os alunos, professores, educadoras, pais e encarregados de educação e comunidade em geral que aderiram, com entusiasmo, às actividades de promoção do livro e da leitura realizadas ao longo desta semana nas Bibliotecas Escolares da EB 2, 3 António Correia de Oliveira e da EB1/JI de Curvos. O destaque vai para  “Histórias Para Contar Aos Pais“,  “Histórias Para Contar Consigo” dinamizadas pela escritora Margarida Fonseca Santos e “Era Uma Vez…“.

Para saber tudo sobre esta Semana da Leitura,  visite a página das actividades da BE da EBACO e da BE de Curvos.

PRÉMIO HANS CHRISTIAN ANDERSEN PARA J.K. ROWLING

«Uma escritora habituada a recordes e feitos inéditos venceu a primeira edição do prémio de literatura Hans Christian Andersen – JK Rowling, a autora milionária da saga “Harry Potter”. A autora britânica recebeu terça-feira o prémio de 67 000 euros em Odense, a cidade natal dinamarquesa do histórico autor Hans Christian Andersen.» Ler no Público.

Nobel da Literatura 2010: Mario Vargas Llosa

                                                                              

       

              Mario Vargas Llosa é o prémio Nobel da Literatura 2010. O JL publica uma entrevista com o escritor peruano, realizada em 2003, pelo lançamento do seu livro O Paraíso na Outra Esquina.

              A Academia do Nobel destacou, na obra de Vargas Llosa, “a sua cartografia das estruturas do poder e as suas afiladas imagens da resistência, rebelião e derrota do indivíduo”.

Podes conhecer melhor este autor e ler a entrevista publicada pelo JL aqui.

Mario Vargas Llosa em entrevista à RNW, em Novembro de 2009.

Via: Caldeirão Voltaire

Ler é o melhor remédio!

Ler é o melhor remédio!

.

Leia jornal,

Leia outdoor,

Leia letreiro em estação de trem,

Leia os preços do supermercado,

Leia alguém!

Ler é a maior comédia!

Leia etiqueta jeans,

Leia histórias em quadrinhos,

Leia a continha do bar,

Leia a bula do remédio,

Leia a página do ano passado perdida no canto da pia enrolando chuchus…

Leia a vida!

Leia os olhos, leia as mãos. Os lábios e os desejos das pessoas…

Leia a interacção que ocorre ou não entre física, geografia, informática,

trabalho miséria e chateação…

Leia as impossibilidades,

Leia ainda mais as esperanças,

Leia o que lhe der na telha,

Mas leia, e as ideias virão!

(Luís Fernando Veríssimo)

.

Leia Quase do mesmo autor:

.

Morreu Matilde Rosa Araújo

A escritora Matilde Rosa Araújo, que morreu hoje aos 89 anos, ficará para sempre ligada à docência, à literatura infantil e à defesa dos direitos das crianças numa longa e premiada carreira literária.

Nascida em Lisboa em 1921, Matilde Rosa Araújo licenciou-se em Filologia Românica pela Faculdade de Letras da Universidade Clássica de Lisboa, e foi professora do ensino técnico profissional em várias cidades do país. Foi também professora do primeiro curso de Literatura para a Infância, na Escola do Magistério Primário de Lisboa. Foi autora de livros de contos e poesia para adultos e de mais de duas dezenas de livros de contos e poesia para crianças – como O Sol e o Menino dos Pés Frios, História de uma Flor e O Reino das Sete Pontas. Dedicou-se intensamente à defesa dos direitos das crianças através da publicação de livros e de intervenções em organismos com actividade nesta área, como a UNICEF em Portugal.

Pode ler um artigo sobre a autora na Notícias Magazine, publicado em Junho de 2007, aqui.