Concurso “Faça lá um poema”

   Numa iniciativa conjunta, o Plano Nacional de Leitura e o Centro Cultural de Belém, com o intuito de incentivar o gosto pela leitura e pela escrita, promovem o Concurso de Poesia Faça lá um poema, convidando as escolas públicas e privadas, do 1.º Ciclo ao Ensino Secundário, a participarem.

   Os textos O Chapéu, da autoria de Inês Neto, do 6.º C, e Ilusões, de Beatriz Martins, do 9.º A, foram os selecionados pela equipa da biblioteca escolar para representar a escola EB 2/3 António Correia de Oliveira neste concurso.

O Chapéu

Eu sou um chapéu de grande vigor,

sou redondo e delicado,

mas dizem que não sou digno de valor

e sinto-me magoado.

Um dia puseram-me na montra de uma loja,

e eu muito triste fiquei.

Passaram-se dias e dias

e para ninguém olhei.

Até que um dia,

um homem alto e magro

que vestia de preto,

pegou em mim sem sentimento.

Senti uma angústia enorme

quando na cabeça me tentou pôr.

Ele comprou-me e foi-se embora

com um sorriso assustador.

Ao sair da loja,

uma forte corrente me levou,

voei, fui-me embora

e nunca mais ninguém me apanhou.

Fui dar a volta ao mundo,

até que um dia alguém em mim reparou,

olhou-me e sorriu

e a história recomeçou.

                               ……………………. Inês Neto, 2.º ciclo

….

Ilusões

É sempre o mesmo,

sempre o será.

Debaixo de água, submersa,

acordo antes de me afogar.

Não sei bem, não tenho pressa.

 

Água pura que me rodeia.

Contaminada,

de saudade e memórias,

que me esfaqueia.

 

Oiço rugidos, gritos,

de uma voz outrora afogada.

Cânticos e assobios,

dirigidos à alma amada.

 

No inalcançável

vejo uma imagem,

uma imagem lamentável.

Alguém já esquecido,

que o torna insuportável.

 

Sei que tenho de lá chegar.

Porém, algo me impede.

Me impede de chorar, gritar.

Me impede de sonhar.

Recordações que pesam na consciência,

tornam o cadáver pesado,

de sofrimento e amargura.

Já só é um corpo cansado,

com o ódio que perdura.

 

É sempre o mesmo,

sempre o será.

Debaixo de água, submersa,

acordo antes de me afogar.

Não sei bem, não tenho pressa.

………………………………………………..Beatriz Martins, 3.º ciclo

   Parabéns a todos os participantes e, em particular,

às autoras destes textos, selecionados para integrar o concurso Faça lá um poema.

Anúncios

One thought on “Concurso “Faça lá um poema”

  1. Em nome da Equipa de Recursos e Tecnologias Educativas da Direção-Geral da Educação, do Ministério da Educação e Ciência, gostaria de convidar o responsável por este blogue a conhecer o catálogo de blogues educativos do Portal das Escolas e a fazer o registo deste trabalho no catálogo. O BloguesEDU está em https://www.portaldasescolas.pt/portal/server.pt/community/04_catalogo_blogs/284
    O registo deve ser realizado por um professor registado no Portal, depois de ler a documentação constante em “Apoio técnico”.
    Cumprimentos e parabéns pelo trabalho!
    Pela equipa BloguesEDU,

    Teresa Pombo (bloguesedu@dge.mec.pt)

    Em caso de dúvida, não hesitem em contactar-nos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s